O Professor e a Conduta Pedagógica

O Professor deve ficar atento às características apresentadas pelos seus alunos. É na sala de aula que o educando mostra suas aptidões bem com suas dificuldades. Segue uma lista dos sintomas mais comuns e mais fáceis de serem diagnosticados e a conduta do Professor a ser tomada:

SINTOMAS

  1. Ritmo Caligráfico Lento
  2. Disgrafia e/ou Caligrafia Prejudicada
  3. Desorganização
  4. Dificuldade na leitura – interpretação – organização e expressão frasal
  5. Vocabulário reduzido( alguns com disortorgrafia)
  6. Dificuldade de entendimento – abstração e generalização
  7. Dificuldade de memorizar e reter os conteúdos

ATIVIDADES
Nível de exigência de acordo com a possibilidade

  • objetivas ( perguntas e respostas)
  • gráficas de 50%
  • sublinhar as respostas no texto
  • assinalar
  • completar
  • resumos sublinhados no texto e/ou através de palavras chaves
  • uso do dicionário para aumentar o vocabulário
  • uso do PC caso o aluno apresente disgrafia e ou disortografia
  • usar mnemônicas para auxiliá-los a memorizar
  • usar sistema de fixação constante
  • visar qualidade de conceito ao invés de quantidade de conteúdos

CONDUTA DO PROFESSOR

  • colocá-los sempre perto
  • fazer uma síntese de tudo que foi explicado
  • fazer concretizar e registrar através de exemplos – desenhos – gravuras os conceitos
  • anotar na agenda as tarefas
  • organizar o caderno registrando o cabeçalho e os enunciados
  • esticar o tempo do aluno de tal forma que ele não se sinta pressionado
  • elogiar sempre que possível

Kátia G.S.Martinho